[adrotate banner="2"]

Abertura da Campanha Maio Amarelo reúne forças de segurança no DF

O Maio Amarelo é um movimento internacional com enfoque na segurança viária, que tem por objetivo reduzir acidentes e mortes no trânsito. A abertura oficial da campanha ocorreu nesta quinta-feira (2), reunindo diversos órgãos do Governo do Distrito Federal (GDF), como o Departamento de Trânsito do Distrito Federal (Detran-DF), Departamento de Estradas de Rodagem (DER), Polícia Militar do Distrito Federal (PMDF) e Corpo de Bombeiros Militar do Distrito Federal (CBMDF).

“A gente enfatiza a paz no trânsito e uma locomoção com segurança, não só para os condutores, como para os pedestres. E Brasília é um exemplo para o Brasil, principalmente com essa questão das forças de segurança. É a educação e a paz no trânsito, que começa com todos nós”

Takane Kiyotsuka do Nascimento, diretor-geral do Detran-DF

“A gente enfatiza a paz no trânsito e uma locomoção com segurança, não só para os condutores, como para os pedestres. E Brasília é um exemplo para o Brasil, principalmente com essa questão das forças de segurança. É a educação e a paz no trânsito, que começa com todos nós”, declarou o diretor-geral do Detran-DF, Takane Kiyotsuka do Nascimento, destacando o tema da campanha deste ano.

A ação ocorreu durante a tarde no estacionamento da Arena BRB Nilson Nelson e contou com uma blitz educativa coordenada pelo Detran-DF e pelo Conselho de Trânsito, além da interação com estudantes de escolas públicas que levou temáticas educativas de trânsito de forma lúdica, envolvendo teatro e até batalhas de rimas.

O estudante Pedro Alves de Souza, 15 anos, foi um dos que se divertiram no evento. Com a turminha da CED 01 da Estrutural, ele afirmou que, além da batalha de rima, a parte favorita dele foi o ensinamento passado pelos bombeiros de como socorrer uma pessoa em um acidente de trânsito. “Eu acho importante porque, como nós somos a nova geração, precisamos ter uma postura mais conscientizada”, pontuou o jovem.

A professora Sandy Luzia dos Anjos, 40, também participava da ação e reforçou a fala do estudante: “É um divisor de águas para esses meninos que não sabem nem porque alguém entra, por exemplo, em uma viatura ou em um helicóptero, que eles só veem do alto. É mostrar a realidade e todo o equipamento de segurança que nós temos, para que eles possam ser mais conscientes e saber que o Brasil investe em segurança e saber que isso tudo está acessível a eles.”

Segurança mais perto

Presente na cerimônia de abertura, o secretário executivo de Segurança Pública, Alexandre Rabelo Patury, destacou a importância da campanha por ser um mês de engajamento. “Ao longo do ano, a gente faz várias ações. Mas, quando você concentra em um mês, pode engajar a população, trazer as crianças e falar mais sobre o tema, porque o principal é a educação”, observou.

O secretário também descreveu como essencial a participação da sociedade civil na campanha que, para ele, ultrapassa a integração e engloba a integralidade. “É sobre as pessoas perceberem que segurança pública pode ser até dever nosso, mas é responsabilidade de todos e assim está escrito na Constituição. Se você não conseguir convencer a população que ela precisa participar e dizer que a partir dela a gente vai mudar a sociedade, a gente não vai conseguir.”

Em encontro à fala do secretário, a comandante-geral da PMDF, coronel Ana Paula Habka, reforçou a importância de aproximar as forças de segurança da população e acrescentou que a conscientização de cada um para entender e respeitar as leis evita muitas mortes causadas no trânsito. “A polícia e o Detran não estão nas ruas só para multar. A gente está para conscientizar. Muitas vezes as crianças têm curiosidade, mas não sabem qual é o nosso papel efetivamente nas ruas. Aproximar a sociedade civil e, principalmente, encorajar as crianças a conscientizarem seus familiares, surte um efeito incrível”, declarou.

Trabalho contínuo

Em sua 10ª edição no Brasil, a campanha criada pelo Observatório Nacional de Segurança Viária terá diversas atividades realizadas ao longo do mês pelos órgãos de trânsito do DF. Segundo o chefe do núcleo de campanhas educativas do Detran, Miguel Videl, a campanha tem a cor relacionada ao significado do amarelo do semáforo: atenção!

“Serão cerca de duas blitz educativas por semana e nós estaremos também em escolas, cidades e parques levando orientação e conscientização de trânsito. Esse evento não acaba aqui, não é só o mês do Maio Amarelo, é durante todo o ano”, pontuou.

À frente da Diretoria de Educação de Trânsito do DER, Graziela Portela explicou que o tema deste ano, Paz no Trânsito Começa por Você, reflete o comportamento individual de cada um no coletivo.

“A nossa conscientização está impactando diretamente na segurança viária, na redução dos sinistros e na redução do número de mortos e feridos. E a gente segue trabalhando para mudar o comportamento das pessoas, para que elas tomem atitudes conscientes e movimentos cautelosos no trânsito, independente de haver uma fiscalização lá na frente, mas simplesmente porque ela compreende o risco daquela ação e o impacto que isso pode trazer na vida do outro”, pronunciou a diretora.

02/05/2024 - Abertura da Campanha Maio Amarelo reúne forças de segurança no DF

Fonte: Agência Brasília

spot_imgspot_imgspot_imgspot_img
spot_img