[adrotate banner="2"]

Alunos de escola pública no Guará participam de competição gastronômica

Um verdadeiro MasterChef da rede pública de ensino do Distrito Federal. Na última sexta-feira (5), o Centro de Ensino Médio (CEM) 01 do Guará se transformou em um palco gastronômico com a realização de emocionante competição culinária. O torneio faz parte da 18ª gincana social, cultural e esportiva da escola.

Os 16 competidores, divididos em oito duplas, enfrentaram o desafio de preparar um prato da culinária italiana: o clássico macarrão com almôndegas. A competição teve como objetivo incentivar a criatividade e as habilidades culinárias dos estudantes. Cada dupla foi avaliada com base em critérios rigorosos que incluíam apresentação do prato, sabor, organização na cozinha, fidelidade à receita original e interação entre os membros da equipe.

Antes do grande dia da competição, os participantes tiveram a oportunidade de aprimorar as técnicas durante um workshop ministrado pelo renomado chef de cozinha Rosário Tessier. Foi neste evento preparatório que o desafio foi lançado: criar uma versão autêntica e saborosa do macarrão com almôndegas.

“Esta é a nossa 18ª gincana social, cultural e esportiva. Nós tivemos várias provas sociais, como a doação de sangue e a doação de kits de higiene”

Márcia Delgado, coordenadora pedagógica

A coordenadora pedagógica, Márcia Delgado, esteve à frente do projeto e destacou a importância da competição para os alunos. “A nossa escola tem a tradição dessa gincana escolar desde a sua criação. Esta é a nossa 18ª gincana social, cultural e esportiva. Nós tivemos várias provas sociais, como a doação de sangue e a doação de kits de higiene para as comunidades do Rio Grande do Sul, além das provas esportivas, culturais, de dança e teatro”, explicou a coordenadora.

Junto com as outras provas, a gincana também realizou uma disputa culinária. “Este ano, o tema escolhido pelos estudantes foi a mitologia romana. Então pensamos, por que não escolher a cozinha italiana? Estamos muito felizes”, completou Márcia.

Durante a competição, cada dupla demonstrou não apenas habilidades técnicas, mas também um entusiasmo contagiante pela culinária. Sob os olhares atentos do corpo jurados composto por professores, os estudantes apresentaram pratos que não só satisfizeram os critérios estabelecidos, mas também surpreenderam pela originalidade e cuidado na execução.

Vencedores

Ao final do dia, duas duplas se destacaram como campeãs: pela manhã, a equipe formada por Fernanda Beatriz dos Anjos e Maria Clara Cândido Amarante conquistou o título, enquanto no período vespertino, Luíza Leles e Layla Rodrigues foram as grandes vencedoras. Ambas as duplas foram elogiadas não apenas pela qualidade dos pratos, mas também pela harmonia e trabalho em equipe demonstrados ao longo da competição.

“A nossa proposta foi simples, muito saborosa. Preparamos um macarrão penne com almôndega e molho de tomate pelado. No molho de tomate tinha cebola, alho, tomates triturados, chimichurri e azeite”, revelou Luíza, vencedora da dupla do turno vespertino. A amiga Layla revelou o segredo da vitória: “Fizemos com amor e seguimos todos os passos da receita.”

Para as amigas do turno matutino, Fernanda Beatriz e Maria Clara, a vitória veio após seguir um dos requisitos da competição: a fidelidade à receita original com dicas que receberam nas aulas de culinária oferecidas na escola e durante o workshop que tiveram um dia antes da competição.

“O nosso [prato] estava muito parecido com o do chef. A almôndega estava desmanchada, a apresentação do prato também estava bem parecida, então no quesito reprodução e sabor acho saímos na frente”, indicou Fernanda Beatriz.

*Com informações da Secretaria de Educação

Fonte: Agência Brasília

[adrotate banner="6"]
spot_img