[adrotate banner="2"]

Explore o Quadrado: Diversão com os bichinhos do Zoo durante as férias escolares

Ana Liz Soares tem 2 anos e adora ver animais na televisão. Mas melhor do que ver na telinha é poder presenciar de perto a girafa Yaza, uma das estrelas do Zoológico de Brasília. “A Ana assiste os bichinhos na TV, aí eu trouxe ela para ver de verdade; é bom para sair um pouquinho de casa. Ela já está naquela fase de conhecer os animais, então é muito legal vê-los ao vivo e a cores, descontrair, fazer um lanche e se divertir um pouco com a família”, destaca a fisioterapeuta Isabella Soares, mãe da pequena.

Isabella e Ana estão entre os vários visitantes que apontam o Zoológico de Brasília como uma das melhores opções para curtir aventuras e conhecer mais sobre a fauna nativa e mundial, com animais oriundos de todos os continentes. Durante o mês de julho, o espaço estará aberto de segunda a segunda para atender os visitantes, oferecendo diversas atrações e passeios especiais.

Em mais uma matéria do especial Explore o Quadrado, a Agência Brasília leva opções diversas para aproveitar as férias escolares das crianças. Confira, a seguir, quais são as programações do Zoológico de Brasília, espaço de lazer para a população e lar de diversas espécies da flora e fauna do segundo maior bioma da América Latina, o Cerrado.

Colônia de Feras

Nas férias escolares de julho, a criançada de 6 a 10 anos que se inscreveu para a temporada da Colônia de Feras do Zoo vai participar de várias atividades recreativas. O evento será entre 2 e 26 de julho – cada turma participa por dois dias. Neste ano, são três turmas de 20 crianças.

Foram mais de mil interessados, esgotando as vagas para julho de 2024. As inscrições foram feitas pelo site ou pelas redes sociais do Zoo e a taxa de participação é de R$ 150. Foram disponibilizadas 480 vagas – desse total, 10% foram destinados a alunos regularmente matriculados na rede pública de ensino, com total isenção de pagamento.

O objetivo é proporcionar uma experiência de aprendizado divertida e enriquecedora, em que as crianças vivenciam a interação com os animais e visitam os bastidores do Zoológico. Das 13h às 17h, a meninada visita os recintos de animais como jacarés, araras e lobos-guará. Há também brincadeiras e interatividades para estimular o aprendizado sobre o espaço ecológico. A Colônia de Feras de 2023 contou com 120 participantes.

“Proporcionar essa interação para a criança faz com que ela conheça um pedacinho da importância do trabalho de conservação das espécies, além de mostrar que são animais bem cuidados, motivados o tempo todo a estar em seu comportamento natural. A maioria é resgatada e, se soltos, não conseguiriam sobreviver, levando a um risco de extinção dessas espécies. O parque tem educação e interação, além do entretenimento”, ressalta o superintendente do zoológico, Joseval Lima Batista.

Zoo Noturno

Outra atração que chama a atenção dos visitantes é o Zoo Noturno, que proporciona uma visita guiada para que as pessoas tenham possam ver os animais com hábitos noturnos.

Diferente das visitas diurnas, a imersão na rotina noturna dos bichos precisa ser agendada e ocorre às terças e quintas, a partir das 19h, com tolerância de 15 minutos. O ingresso custa R$ 30 e cada grupo pode ter até 30 pessoas. Neste ano, os passeios começaram em 21 de maio e seguem até setembro. No momento, não há vagas disponíveis, mas os interessados podem enviar a solicitação de participação, para caso de desistências. O e-mail para agendamentos é [email protected].

Uma das interessadas no passeio é a professora Daniella Varela, que levou sua filha Maitê Varela, de 11 anos, para passar o dia no Zoológico. “Às vezes a gente vem e fica louca para ver alguns animais que têm os hábitos noturnos e eles estão todos escondidos, então essa iniciativa é fantástica. Eu sou educadora também, além de mãe, então eu acho que a gente proporcionar isso para as nossas crianças é fundamental”, acentua.

“O zoológico é um lugar que elas podem aprender ao ar livre, vendo animais que elas nunca teriam oportunidade de ver. É uma área realmente de lazer em Brasília, convidativa”, acrescenta Daniella. A filha, Maitê, já adianta que o animal favorito é o tigre. “Eu gosto de ver os animais que geralmente a gente não vê no dia a dia, tipo o jacaré e outros assim”.

Sobre o zoo

O Zoológico de Brasília conta com 519 animais de 160 espécies diferentes, distribuídos em 163 recintos. Por lá os bichinhos recebem acompanhamento veterinário e enriquecimento do ambiente para estimular o comportamento natural da espécie, além de dietas balanceadas – cerca de 1.300 kg de alimentos, entre frutas, verduras, rações, carnes e capim, são consumidos diariamente pelos bichos. A equipe é composta de 49 tratadores, sete veterinários, sete supervisores de manejo, cinco biólogos e cinco zootecnistas.

Normalmente, o Zoo funciona de terça a domingo e feriados, das 8h30 às 17h. Contudo, durante todo o mês de julho, o parque abrirá de segunda a segunda para atender os visitantes. O horário de visitação do museu continua de terça a domingo, das 8h30 às 16h30. Já o funcionamento do borboletário é de quarta a domingo, das 8h30 às 16h30. Em caso de chuvas, os dois locais são fechados. Não é permitida a entrada de animais de estimação.

Não há venda antecipada de ingressos e os interessados devem adquirir as entradas no dia da visita, na própria bilheteria do Zoológico, que funciona das 8h30 às 16h. O pagamento de ingressos é em dinheiro, Pix, cartão de débito ou crédito.

Pessoas com deficiência, acompanhantes e crianças de até 5 anos de idade não pagam para acessar o parque

Nas sextas, sábados, domingos e feriados, a inteira custa R$ 10. Pagam meia entrada as crianças de 6 a 12 anos, pessoas acima de 60 anos, estudantes, beneficiários de programas sociais do governo, professores, pedagogos, orientadores educacionais e servidores da carreira Assistência à Educação do sistema de ensino do Distrito Federal.

Já nas terças, quartas e quintas-feiras (exceto feriados), todos pagam meia entrada (R$ 5). Pessoas com deficiência, acompanhantes e crianças de até 5 anos de idade não pagam para acessar o parque.

No site ou aplicativo DF no Ponto é possível ver quais as linhas do transporte público passam próximas ou vão diretamente ao Zoológico.

06/07/2024 - Explore o Quadrado: Diversão com os bichinhos do Zoo durante as férias escolares

Fonte: Agência Brasília

[adrotate banner="6"]
spot_img