[adrotate banner="2"]

GDF transforma o Taquari, Lago Norte, com entregas significativas em lazer e educação

Com uma grande festa para todos os moradores do Lago Norte, no último sábado (9), o Governo do Distrito Federal (GDF) marcou dois importantes avanços para a cidade do Taquari.

A inauguração do terceiro campo sintético, construído pela Secretaria de Esporte e Lazer (SEL-DF) com investimento de R$ 945 mil, trouxe um espaço de lazer e esporte com 22 metros de largura por 42 metros de comprimento. O campo, dotado de grama artificial, alambrado de aço galvanizado e iluminação fotovoltaica, representa um investimento contínuo na qualidade de vida dos moradores.

O administrador regional do Lago Norte, Marcelo Ferreira, destacou a importância do campo como ponto de encontro após o isolamento social da pandemia, promovendo a convivência entre os moradores. “Tem vizinhos que não se conheciam e agora estão se encontrando aqui à noite, toda segunda-feira no futebol acima dos 40 anos. Estão saindo do sofá, da frente da televisão para vir socializar. Acho que isso é um legado que a gente deixa no bairro e na cidade, que é a convivência voltando ao normal de novo”, destacou.

No espaço a Administração Regional do Lago Norte em parceria com empresários da cidade transformou a área em um complexo esportivo, incluindo mesas de ping pong, uma pista de bicicross e novas quadras esportivas, convidando a participação não apenas da população local, mas também das cidades vizinhas.

 

 

O secretário de Esporte e Lazer, Renato Junqueira, ressaltou o valor da atividade física para o bem-estar da comunidade, citando uma pesquisa da ONU que destaca os benefícios econômicos e sociais do investimento no esporte. “Cada um dólar que a gente investe no esporte, economizamos três dólares para a saúde. O esporte diminui as filas dos hospitais, ajuda a controlar a evasão escolar e dá perspectiva de futuro para as nossas crianças e adolescentes”, defendeu.

Além do campo sintético, outra conquista significativa foi a autorização do governador Ibaneis Rocha para a construção da primeira creche pública do Taquari. O Centro de Educação da Primeira Infância (Cepi), com investimento superior a R$ 6,3 milhões provenientes da Secretaria de Educação (SEEDF), atenderá até 376 crianças em dois turnos ou 188 em período integral. O projeto, seguindo padrões nacionais de educação infantil, abrange uma área de 1.637,63 m², contando com salas de aula, área de recreação, cozinha, refeitório e demais espaços necessários para promover um ambiente educacional de qualidade.

O governador destacou o compromisso do governo em reduzir a lista de espera por vagas em creches, evidenciando a importância do projeto para as mães e crianças da região. A secretária de Educação, Hélvia Paranaguá, enfatizou a continuidade do desenvolvimento educacional na região, mencionando futuras construções de escolas classe próximas ao Cepi.

Essas iniciativas do GDF refletem o compromisso em proporcionar não apenas infraestrutura esportiva, mas também investir na educação infantil, contribuindo para o crescimento e bem-estar da comunidade do Taquari, Lago Norte.

 

*Com informações da Ascom Adm LN

spot_imgspot_imgspot_imgspot_img
spot_img