Megaoperação de combate à dengue chega a Brazlândia

Brazlândia recebeu, neste sábado, uma megaoperação do Governo do Distrito Federal (GDF) para a eliminação de focos do mosquito Aedes aegypti. A força-tarefa contou com a atuação de órgãos de governo para limpar terrenos sujos e recolher lixo descartado irregularmente.

A operação reuniu mais de 300 pessoas e percorreu as ruas do Setor Veredas, Vila São José e do distrito de Vendinha, no município de Padre Bernardo, em Goiás, durante toda a manhã. Vicente Pires e 26 de Setembro, em Taguatinga, são as próximas regiões administrativas a receberem a operação de combate ao mosquito. 

No Dia D de Brazlândia, equipes da Vigilância Ambiental da Secretaria de Saúde (SES-DF), do Serviço de Limpeza Urbano (SLU), do Corpo de Bombeiros (CBMDF) e de outros órgãos do GDF reforçaram as ações contra a proliferação do mosquito nas regiões com maior registro de casos, com orientação à população, visitas domiciliares e limpeza de áreas públicas, entre outras atividades. 

Equipes a postos

Este é o quarto fim de semana marcado para realizar a megaoperação de erradicação do mosquito. O Dia D já percorreu todas as regiões administrativas para vistoriar casas e limpar áreas públicas, além de promover a conscientização entre os moradores.  

Desde 1º de janeiro, as equipes do SLU já recolheram 48.395 mil toneladas de resíduos das áreas públicas. A vice-governadora do DF, Celina Leão, lembrou que as ações devem seguir até que seja decretado o fim da situação de emergência na saúde pública.

“Estamos cuidando para que todos os dias sejam Dia D”
José Humberto Pires de Araújo, secretário de Governo

“Todos os dias o governo tem entregado ações efetivas no combate à doença”, afirmou Celina. “Temos 40% das unidades básicas de saúde com atendimento voltado à dengue, temos tendas de acolhimento em várias regiões administrativas e agora teremos um hospital novo que chega à região de Ceilândia.”

De acordo com o secretário de Governo, José Humberto Pires de Araújo, o Dia D é mais uma ação para reforçar a conscientização. “É preciso que tenhamos cuidado todos os dias”, pontuou. “O Dia D é o que temos para chamar a atenção da população, para fazer essa grande mobilização e trazer o governo para perto do cidadão. Estamos cuidando para que todos os dias sejam Dia D”. 

Entorno

Por se tratar de uma região que faz fronteira com municípios goianos do Entorno, a rede de atendimento em saúde expandida pelo GDF tem sido procurada também pela população que vive na região, como o pintor José de Sousa Lima, 47. Ele mora em Águas Lindas de Goiás e procurou a tenda de acolhimento na Administração Regional de Brazlândia para a filha, diagnosticada com dengue. 

“Essa tenda está sendo muito boa porque desafoga os hospitais, promove atendimento e é a opção mais viável para quem mora em Goiás”, elogiou. “Aqui o atendimento está bem rápido.” 

A aposentada Fátima Luciano Cardoso, 55, também se manifestou empolgada com a força-tarefa: “Essa ação é importantíssima. Eu estou triste porque não estarei em casa para recebê-los. Mas quem puder, deixe as equipes entrar para que olhem tudo e orientem a população sobre o combate. A comunidade precisa se conscientizar”. 

De acordo com o administrador regional de Brazlândia, Marcelo Gonçalves, as tendas estão equipadas para acolher quem precisar de atendimento. “O atendimento médico não tem fronteira”, disse. “Nossas ações são planejadas para receber quem é daqui de Brazlândia e quem é de fora também. Estamos com 150 atendimentos diários, e Brazlândia está preparada, na área da saúde, para acolher a população do DF e do Entorno”.

03/02/2024 - Megaoperação de combate à dengue chega em Brazlândia

Fonte: Agência Brasília

Últimas