[adrotate banner="2"]

Brasil e EUA disputam final da primeira edição da Copa Ouro feminina

O Brasil enfrenta os Estados Unidos, a partir das 21h15 (horário de Brasília) deste domingo (10) no Snapdragon Stadium, em San Diego (Estados Unidos), pela decisão da primeira edição da Copa Ouro de futebol feminino.

Para a seleção brasileira esta final é um grande desafio, isto porque as norte-americanas têm uma ampla vantagem na história dos confrontos: em 30 jogos há 23 vitórias dos EUA, 4 empates e 3 triunfos brasileiros. O último enfrentamento entre as equipes foi no ano passado, durante a Copa She Believes. Naquela oportunidade a equipe da terra do Tio Sam venceu por 2 a 1.

Na Copa Ouro o Brasil faz uma campanha perfeita até aqui, com cinco vitórias: Porto Rico, Colômbia e Panamá na fase de grupos, a Argentina nas quartas de final e o México nas semifinais.

Seleção renovada

Maior vencedora de Copas do Mundo (com quatro títulos), a seleção norte-americana é uma das forças do futebol feminino na atualidade. Porém, a equipe passa por um momento de renovação. Apesar de contar na Copa Ouro com a experiente Alex Morgan, que já marcou duas vezes na competição, os Estados Unidos também têm como destaques as jovens atacantes Trinity Rodman, Sophia Smith e Jaedyn Shaw.

Os Estados Unidos chegam à decisão com uma campanha pior que a do Brasil. As norte-americanas estrearam com uma goleada de 5 a 0 sobre a República Dominicana. Depois bateram a Argentina por 4 a 0. Porém, diante do México, perderam de 2 a 0. Nas quartas de final as donas da casa venceram a Colômbia por 3 a 0 e depois superaram o Canadá na disputa de pênaltis para alcançarem a final da Copa Ouro.

Copa Ouro

A edição inaugural da Copa Ouro feminina, competição organizada pela Concacaf (Confederação de Futebol da América do Norte, Central e Caribe), conta com a participação de quatro equipes convidadas da Conmebol (Confederação Sul-Americana de Futebol): Brasil, Colômbia, Argentina e Paraguai. Estas seleções foram as semifinalistas da última edição da Copa América Feminina.

Fonte: Agência Brasil

[adrotate banner="6"]
spot_img