[adrotate banner="2"]

Apreensão de Aves e Galos em Ceilândia

No último sábado (2), uma abordagem realizada pelo Grupamento de Operações no Cerrado (GOC) da Polícia Militar Ambiental do Distrito Federal resultou na apreensão de 21 aves silvestres e 33 galos na região administrativa de Ceilândia. A ação foi parte dos esforços contínuos do Batalhão de Polícia Militar Ambiental (BPMA) para combater crimes ambientais e garantir a preservação do meio ambiente.

Durante a ação, foram lavrados três Termos Circunstanciado de Ocorrência (TCO). Dois desses TCOs estão relacionados à criação ilegal de pássaros silvestres, enquanto o terceiro refere-se a casos de maus-tratos contra animais.

Entre as espécies apreendidas estão cinco Azulões, quatro Curis, quatro Bicudos, dois Sabiás Laranjeira, dois Papa-capins, um Sabiá, um Papagaio verdadeiro, um Encontro e um Coleirinho. Além das aves, foram confiscadas 21 gaiolas que eram utilizadas para aprisioná-las.

É importante ressaltar que a apreensão de aves silvestres é uma medida essencial para combater o tráfico ilegal de animais e preservar a biodiversidade. As aves resgatadas serão encaminhadas ao Centro de Triagem de Animais Silvestres (CETAS) do IBAMA, onde passarão por avaliação veterinária e, posteriormente, serão reintegradas ao seu habitat natural.

Já os 33 galos apreendidos foram objeto de um termo de fiel depositário, garantindo que fiquem sob cuidados adequados até que sejam definidas as medidas legais cabíveis.

(function(d, s, id) {
var js, fjs = d.getElementsByTagName(s)[0];
if (d.getElementById(id)) return;
js = d.createElement(s); js.id = id;
js.src = “//connect.facebook.net/pt_BR/all.js#xfbml=1&appId=509544779073047”;
fjs.parentNode.insertBefore(js, fjs);
}(document, ‘script’, ‘facebook-jssdk’));

Fonte: PMDF

[adrotate banner="6"]
spot_img