[adrotate banner="2"]

Polícia Civil fecha fábrica de bebidas clandestinas e prende dupla em São Paulo





Os policiais receberam uma denúncia anônima e realizaram a investigação para prender os suspeitos em flagrante



Foram encontrados garrafas com embalagens de uísque, gim e outros tipos de bebidas

A Polícia Civil fechou uma fábrica que produzia bebidas alcoólicas clandestinas e prendeu dois homens por adulterar e comercializar produtos, na de terça-feira (5), na região da Brasilândia, zona norte de São Paulo.

A prisão ocorreu após a equipe de investigação do 72° Distrito Policial, da Vila Penteado, receber uma denúncia anônima que informava sobre a fabricação de bebidas clandestinas para serem comercializadas em festas da região. Os agentes foram até o local e realizaram campana, até visualizarem dois suspeitos saindo de uma casa carregando garrafas vazias para um veículo.

Os investigadores abordaram a dupla e imediatamente um dos suspeitos quebrou um celular. No veículo havia mais garrafas vazias.

Depois, os agentes entraram no local onde funcionava a fábrica clandestina. Diversos tambores, recipientes e garrafas com embalagens de uísque, gim e outros tipos de bebidas foram encontrados, além de rótulos impressos e um recipiente que aparentava conter bebida similar a uísque, pronto para ser engarrafado.

Os suspeitos foram conduzidos ao 72°DP. Eles foram interrogados, indiciados e presos em flagrante. A dupla responde criminalmente por falsificação, corrupção, adulteração ou alteração de produto destinado a fins terapêuticos ou medicinais, e por comercializar substância alimentícia falsificada. O carro usado pela dupla, o celular que foi quebrado, bem como os objetivos e bebidas encontradas na casa foram apreendidos.

Siga o canal “Governo de São Paulo” no WhatsApp:
https://bit.ly/govspnozap

Fonte: Governo do Estado de São Paulo

[adrotate banner="6"]
spot_img