Parceria entre Estado e Prefeitura de SP viabiliza moradia para famílias de Heliópolis





Segunda maior comunidade da América Latina recebe mais uma etapa de empreendimento financiado pela CDHU



Parceria entre Estado e Prefeitura de SP viabiliza moradia para famílias Heliópolis

A parceria do Governo do Estado e da Prefeitura de São Paulo para ampliar políticas públicas de habitação na capital cumpriu mais uma etapa bem-sucedida nesta sexta-feira (16). O governador Tarcísio de Freitas e o prefeito Ricardo Nunes entregaram mais 240 moradias de interesse social do Conjunto Habitacional Sacomã I na comunidade de Heliópolis – a segunda maior da América Latina –, zona sul da capital paulista.

“É mais uma entrega importante de 240 apartamentos e dando ordem de início para mais 120 neste conjunto. A gente fecha fevereiro com números interessantes, com 22,3 mil unidades entregues e 106 mil em construção em um programa habitacional bastante extenso em todo o estado. Estamos preparando a contratação de mais 100 mil moradias e uma licitação em andamento para construção industrializada de 15 mil, aproveitando a experiência bem-sucedida de São Sebastião”, afirmou Tarcísio.

A cerimônia também foi acompanhada pelo secretário estadual de Desenvolvimento Urbano e Habitação, Marcelo Branco, dirigentes da Companhia de Desenvolvimento Habitacional e Urbano (CDHU), autoridades estaduais e municipais, deputados, vereadores e as famílias beneficiadas com moradia digna.

Por meio da parceria entre o Estado e a administração municipal, a CDHU – estatal vinculada à Secretaria de Desenvolvimento Urbano e Habitação – investiu R$ 216,2 milhões (em valores atualizados) em repasses à Prefeitura de São Paulo para a construção dos empreendimentos Sacomã I. O convênio também inclui 200 unidades do condomínio Sacomã H, já entregues em 2014.

O conjunto habitacional foi projetado por Ruy Ohtake, um dos mais influentes arquitetos brasileiros, e apresenta um novo conceito de moradia popular com mais conforto entre os ambientes. A infraestrutura traz paisagismo, área de lazer coberta e descoberta, academia para a terceira idade, playground e unidades térreas adaptadas para pessoas com deficiência.

Ao todo, o empreendimento Sacomã I é composto por cinco condomínios com oito prédios cada, totalizando 1,2 mil apartamentos. Além das 240 famílias atendidas nesta sexta, outras 840 já receberam moradias no local e 120 aguardam a conclusão dos imóveis. Cada prédio tem oito andares com apartamentos de 49,29 m², dois dormitórios, sala, cozinha, banheiro e área de serviço.

O projeto favorece a ventilação nos espaços internos – o que atenua a sensação térmica em relação ao ambiente externo – e também permite o uso compartilhado das áreas comuns entre os prédios. A concepção do projeto foi inteiramente planejada para melhorar a qualidade de vida das famílias que foram removidas de áreas de risco ou locais de obras em Heliópolis.

Os novos moradores assinaram contrato de financiamento habitacional com a CDHU, que prevê juros zero para famílias com renda mensal de até cinco salários mínimos. Assim, pagarão praticamente o mesmo valor ao longo de 30 anos, já que o contrato sofrerá apenas a correção monetária calculada pelo índice oficial de inflação. As parcelas não podem ultrapassar 20% dos rendimentos mensais das famílias.

“O Governo do Estado tem hoje mais de 25 mil unidades habitacionais em obras na cidade de São Paulo graças à parceria com a prefeitura. Em todo o estado, temos mais de 106 mil moradias em obras, é um esforço gigantesco para fazer o maior programa habitacional de todos os tempos”, afirmou o secretário Marcelo Branco.

Siga o canal “Governo de São Paulo” no WhatsApp:
https://bit.ly/govspnozap

Fonte: Governo do Estado de São Paulo

spot_img
spot_img
spot_img